Em 27 de janeiro, celebra-se o Dia Internacional do Conservador e do Restaurador, uma merecida homenagem aos profissionais que desempenham um papel crucial na preservação, restauro e requalificação de bens culturais, tombados ou não, móveis ou integrados.

Os conservadores e restauradores são verdadeiros guardiões da memória cultural, atuando para garantir que peças valiosas de nosso patrimônio sejam preservadas ao longo do tempo. Seu trabalho vai além da mera conservação física, estendendo-se ao entendimento profundo das características históricas e artísticas de cada objeto, além de técnicas específicas de restauração.

A Elysium Sociedade Cultural reconhece a importância desses profissionais em seus projetos. Como uma instituição comprometida com a preservação do legado cultural, compreende o papel fundamental desempenhado pelos restauradores. Robson de Almeida, arquiteto e diretor institucional da Elysium, destaca que a atuação desses profissionais é essencial para garantir a integridade e autenticidade dos bens que são restaurados pela entidade.

“Em todos os nossos projetos, desenvolvemos cursos e oficinas para a formação de novos restauradores. Acreditamos que capacitar e formar novos profissionais na área é uma forma valiosa de contribuir para a continuidade desse trabalho especializado, garantindo que as próximas gerações conheçam técnicas e sigam aprimorando a arte do restauro, essencial para a preservação de nossos patrimônios”.

Assim, neste Dia Internacional do Conservador e do Restaurador, a Elysium reconhece e agradece a dedicação desses profissionais em preservar a riqueza cultural que enriquece nossa sociedade.

Postagens Recomendadas