Restauro da Casa de Altamiro de Moura Pacheco, 2020

Altamiro de Moura Pacheco, dono da residência restaurada, ocupou a Cadeira 26 da Academia Goiana de Letras, cujo patrono é José Xavier de Almeida. Era também médico e farmacêutico.

Doou, em testamento, para a Academia Goiana de Letras, o sobrado Art Déco, onde residia, com todos os seus pertences: móveis, lustres, telas, rádio, máquina de escrever, comendas, medalhas, retratos, cofre, escrivaninha, objetos pessoais e a biblioteca, uma das maiores e mais cobiçadas de Goiânia.

Altamiro registrou, em uma cláusula do testamento, seu desejo: que o sobrado fosse transformado em Casa da Cultura Altamiro de Moura Pacheco. O sobrado, integrado ao patrimônio da AGL, realizou, nos últimos vinte anos, vários lançamentos de livros, palestras, solenidades, sessões culturais, festivas e abriu suas portas à visitação pública, sempre com o objetivo de reverenciar o maior mecenas da Academia Goiana de Letras.

A restauração buscou retomar o edifício, preservando-o pelo seu significado e para o conhecimento da arquitetura do passado. A edificação necessitava de atenção a seus detalhes construtivos e foi recomendada uma intervenção completa desde os elementos arquitetônicos até suas instalações elétricas, hidrossanitárias e paisagismo.

A cobertura foi a principal área da casa a ser reconstituída. Foram feitas remoção cuidadosa das telhas, lavagem manual, remoção de partes comprometidas do madeiramento, sua recomposição e a recobertura. As paredes da casa passaram por tratamento de fissuras, revestimentos e pintura; o piso de taco foi lixado e impermeabilizado; as louças esmaltadas, torneiras e metais foram recuperadas e substituídas quando necessário; as luminárias foram retiradas para limpeza e reconstituídas. Na área externa foi feito reparo na calçada, recuperação do jardim com poda, remoção, limpeza e plantio de plantas ornamentais e criação de iluminação cênica na fachada.

A obra foi executada pela Construtora Biapó, empresa especializada em restauro patrimonial com mais de 30 anos de experiência, em projeto concebido pelo Centro de Estudos Brasileiros da Universidade Federal de Goiás e administração da Elysium Sociedade Cultural.

 

Mecanismo
Fundo de Arte e Cultura de Goiás – edital de estímulo ao restauro/2017